DEVIDO AO COVID-19, NOSSO PRAZO DE ENTREGA MÁXIMO É TEMPORARIAMENTE DE 28 DIAS ÚTEIS.


A garantia escolhida pela empresa é a garantia legal, presente no artigo 26 do Código de Defesa do Consumidor. Assim, o cliente tem o prazo de 90 dias a partir da montagem dos móveis para verificar qualquer defeito aparente ou de fácil constatação. Problemas posteriores, se forem decorrentes da natureza do móvel, podem ser também acionadas após 90 dias do conhecimento dessas irregularidades.

Nota importante: Essa garantia não está presente em dobradiças, puxadores, corrediças, pistões e demais problemas que possam ocorrer em razão da deterioração natural das peças, tais como descostura e rasgos por uso, em estofados.



Apenas será possível troca ou devolução quando existir defeito que não possa ser arrumado ou consertado, nos termos do artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor.



Na hipótese de que o móvel adquirido encontre algum problema de montagem ou de fabricação, é de extrema importância que o montador seja avisado automaticamente.
Caso este não seja, o cliente tem o prazo de 90 dias para abrir reclamações junto ao Call Center ou o pós venda da empresa. Assim, será marcada uma vistoria e após a realização desta será iniciado o prazo de 30 dias para que seja sanado o problema.
Se for um problema que por sua natureza demande mais tempo para a solução, como um problema de projeto, a empresa solicitará um prazo maior, não sendo inferior a 7 dias, nem superior a 180, nos termos do artigo 18, parágrafo segundo.